CMA se concentrou na sustentabilidade ambiental

O bem-estar animal teve grande protagonismo nas discussões da Comissão de Meio Ambiente (CMA) no semestre.

Em uma audiência pública realizada em março, os participantes debateram o PLC 70, de 2014, que proíbe a utilização de animais como cobaias em atividades de ensino, pesquisas e testes laboratoriais que visem à produção e ao desenvolvimento de produtos cosméticos e de higiene pessoal e perfumes.

Para o presidente, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), a reunião tinha como objetivo “tratar do respeito à vida do animal e dos seres humanos, levando em consideração também os aspectos mercadológicos”. No mesmo âmbito, tramita na comissão o PLC 105, de 2014, que institui princípios básicos para a educação ambiental.

O projeto propõe a realização de campanhas educativas contra produtos fabricados com matéria-prima animal.

O colegiado aprovou ainda a realização de investigação de denúncia de desastre ambiental na região sul do Amapá.

Por Agência Senado